Fimec: compradores internacionais encontram tecnologia para aumentar a competitividade

 

Fimec: compradores internacionais encontram tecnologia para aumentar a competitividade

23/05/2014

Foi realizado dias 19 e 20, na Fimec, o Projeto Comprador desenvolvido pela Associação Brasileira de Máquinas para Couro e Calçados – Abrameq, em parceria com a Apex-Brasil. Participam dez empresários de países sul-americanos, sendo oito calçadistas e dois de indústrias do couro. São três compradores da Colômbia, três do Peru, dois do Equador, um da Argentina e um da Bolívia.

Nelson Escobar Galuis tem uma fábrica de calçados femininos em Medellin, na Colômbia, a Perlatto, que produz para o mercado interno de seu país. Veio para conhecer novas tecnologias e está entusiasmado com a qualidade do que encontrou no Brasil. Considera os produtos brasileiros com preços um pouco mais elevados do que os chineses, mas muito superiores em termos tecnológicos. Relata que há um potencial para um aumento nas vendas na Colômbia, provocada por medidas do governo para reduzir o ingresso de sapatos chineses.

O peruano Derrick Luy Vargas, é gerente da Manufactura de Calzado Mini, uma empresa média de Lima, que fabrica calçados de couro para todos os públicos: masculino, feminino e infantil, que são comercializados internamente em sua maioria, mas também em pequena escala para a Bolívia. Destaca que encontrou muitas novidades tecnológicas na Fimec, principalmente em áreas como o corte, a costura e montagem dos sapatos. “Dá vontade de comprar tudo”, afirma. Sublinha que a produção de calçados no Peru tem apresentado bom crescimento, a partir de produtos com preço bem competitivo.