Ação no Peru apresentou atualização tecnológica para produção de calçados e couro

 

Ação no Peru apresentou atualização tecnológica para produção de calçados e couro

28/11/2017

A Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas para Couro e Calçados (Abrameq) realizou ação no mercado peruano de 20 a 24 de novembro, em iniciativa com a participação de 11 empresas. A atividade, realizada através do projeto Brazilian Machinery, teve o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e do Estado do RS, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, sendo desenvolvida em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal).

Vinícius Fonte, gestor de projetos da Abrameq, destaca que “o mercado peruano se posiciona como um dos principais destinos das exportações brasileiras de máquinas para couro e calçado, apresentando boas oportunidades para as empresas brasileiras fecharem o ano com bons resultados”. Adiciona que “nossa missão viabilizou encontros comerciais com os principais produtores de calçados e couro desse mercado, apresentando a eles o que há de mais moderno e adequado ao perfil das indústrias locais”.

A primeira etapa foi realizada em Arequipa, inserida no II Congresso Nacional do Couro e do Calçado, no qual a Abrameq foi responsável por duas palestras com temas relacionados com máquinas para calçados e curtumes. A parte de calçados foi apresentada por Neori Paim, da Master Equipamentos Industriais. A área de curtumes foi tratada por Gerusa Giacomolli, do Instituto Senai de Tecnologia do Couro e Meio Ambiente. Nas palestras, a indústria brasileira mostrou uma visão em gestão de processos, apresentando os benefícios da inserção de tecnologia para a melhoria de produtividade e competitividade. Além disso, ocorreu um showroom e rodadas de negócios com empresários deste polo produtor peruano.

A segunda etapa foi realizada em Lima, através de rodadas de negócios com empresários calçadistas e curtumeiros de Lima e de Trujillo, na sede do Centro de Innovación Tecnológica del Cuero, Calzado e Industrias Conexas (Citeccal).

Participaram desta iniciativa as empresas Bremm Peck, Erps, Gemata, Injemaq, Maquetec, Master, Mecsul, Michelon, NBN, Poppi e Sulpol.